TESTE MENU!
Pessoalidades | 01 de Dec de 2015

E a Insegurança?

DSC_0197

Lembram daquele post? que eu desabafei como uma pessoa insegura, e tive muitos comentários, muitos, de verdade. <3 Eu sei o quanto a insegurança atrapalha não apenas a mim, mas muitos outros e compartilhar isso, e receber inúmeros comentários que me fizeram chorar, rir e agradecer a Deus por tudo. Eu estou fazendo o meu melhor. Não queria me sentir mais assim, e estou procurando melhorar em tudo. Sim, estive sumida, porque aconteceu muitas coisas em 4 meses meses, e essa coisinha pequena que se chama insegurança, me pegou novamente 🙁 é difícil admitir que ela nos tira o sono, nos tira do trilho sabe, vou tentar explicar da melhor maneira, e também vim compartilhar um pouco do que estou fazendo para que esses dias de insegurança não me perturbe mais. Em agosto aonde eu trabalhava havia 3 anos simplesmente fechou, e eu me vi perdida. Felizmente existiu um anjo que naquele momento não deixou eu cair junto e me ajudou muito, e em menos de dois dias, eu estava em uma agência grande de Campinas, sendo contratada (3 meses de experiência), cheguei em casa e chorei, chorei, deixei as lágrimas caírem, porque estava sendo um momento diferente na minha vida, que pretendo deixar registrado em um post mais tarde 🙂 E comecei naquela agência grande, era diferente, bom, por ter mais de 15 pessoas trabalhando no mesmo lugar, por ter pessoas com experiência de mercado e me ensinando bastante coisa. Porém ela voltou, e voltou bem forte, mas ela voltou junto com uma dúvida que sempre me percorreu e eu fui alimentando... me desanimei com o lugar, com o método e com outras coisas. Final de outubro, vencia meu contrato de experiência e me vi sendo demitida pela primeira vez, foi um baque, foi tranquilo, indecisa? imagina ahahha eu estava querendo sair, porque aquilo tudo já não me satisfazia, mas foi um baque porque ser demitida não é fácil, mas é algo que você convive, aprende e supera. Mas e ai, e agora? o que eu faço?! Foi quando ela voltou de novo, essa insegurança que vai e volta, fiquei com medo de estar desempregada, fiquei com medo de não conseguir nada. Fiz três entrevistas e graças a DEUS, uma semana depois estava empregada novamente, em um lugar novo, que eu não conheço o método e nem sei como vai ser. Um mês nesse lugar novo, e eu quero aprender e conhecer mais. E foi assim que aconteceu nesses 4 meses, algumas mudanças, mas resisti essa coisa chamada insegurança. E eu quero compartilhar algumas coisas que eu venho fazendo para mim e para ajudar nesses dias inseguros.

Tenha em mente que: Precisamos melhorar SEMPRE.

Eu sou daquelas pessoas que acredita que devemos sempre melhorar e nos entender, por isso voltei com a terapia com a piscóloga, e isso tem me ajudado MUITO! Você conversar com alguém que está fora da sua vida é muito bom. E como um dia uma professora minha disse: “Todo mundo precisa de terapia, para nos conhecer melhor”. Eu estou buscando aquele Eu sabe.

Seja egoísta

Tenho pensado em mim em primeiro lugar, como muitas de vocês falaram, seja egoísta pelo menos um pouco, é difícil, mas a gente tem que exercitar isso, porque a gente tem que ficar feliz conosco sabe? sozinha, fazer coisas nossas, descobrir o que gostamos de fazer só com a gente.

Saúde em primeiro lugar

Tenho pensado na minha saúde muito, me matriculei em uma academia e faço zumba, 4x por semana! e sério, me ajudou 50%. A zumba é de 1 hora ou meia hora, mas quando to ali, dançando, parece que não existe nada! é muito bom! É como se você esquecesse todos os problemas possíveis e se concentrasse ali só.

Espiritualidade

Leio tarô todos os dias de manhã. Me alivia e me ajuda a refletir em muitas questões, não é nada demais. Tiro uma carta todo dia de manhã, pensando em várias coisas, ajuda a refletir, a pensar em alguns assuntos.

Escreva o que sente

E uma coisa que tem me ajudado muito, é escrever. Abri um livro no Overnote, é como se fosse um diário, eu vou escrevendo tudo que vem na minha mente, sem filtro, sem pensar, isso me ajuda a colocar as coisas para fora sem machucar ninguém (porque palavras machucam, muito) e principalmente faz a gente pensar e refletir sobre o assunto.

Lógico que cada caso é diferente, e cada pessoa reage e age de forma diferente, mas são algumas coisas que tem me ajudado bastante. E vocês como andam com essa insegurança (já que muitas de vocês compartilharam comigo), andam fazendo alguma coisa para melhorar? <3

Agora, e o layout novo?! vou preparar um post sobre ele e porque decidi deixar o mais simples possível <3 só sei que to amando esse novo layout, transmite muito bem a minha fase *-*

techandall-Apple-Family-mockup

Alguém que gosta de colocar nas palavras o que sente, o que quer e o que vive. Palavras são só o caminho para um mundo com muita luz...

  • Gabi gouveia

    Em 01.12.2015

    Mai você merece tudo de bom sempre, uma menina dedicada, esforçada e talentosa… O layout eu amei e estou doida para trocar o meu e principalmente me dedicar mais ao blog (com TCC e trabalho pegando fogo o blog fica meio abandonado mesmo)..

    Beijocasss

  • Beatriz Cavalcante

    Em 01.12.2015

    Ah que legal que você encontrou formas de se sentir mais segura! <3

    Estou nessa fase por ter terminado a faculdade e ainda não ter conseguido um emprego mas estou com pensamentos positivos e agarrada na esperança que o clima de natal e ano novo traz, haha.

    Também estou querendo entrar na faculdade para deixar o sedentarismo de lado e quero começar ano que vem, oremos. Já o tarô achei super interessante. Eu nunca fiz mas acho legal quem entende dessas coisas. 😛

    E genteeee, amei o layout novo. Tô num desanimo com o meu que não vejo a hora de mudar também. hihi

    Beijos! <333

  • Jéssica Teles

    Em 01.12.2015

    Maíra, achei incrível o que escreveu e como está lidando com a insegurança.
    Acredito muito que lidar com os sentimentos que temos, bons ou ruins, podemos crescer e melhorar porque guardá-los ou tentar reprimir vai apenas piorar, como aconteceu comigo e acabou levando à depressão.
    Continue escrevendo sobre, acredito que pode ajudar muita gente 🙂 e pode ser muito bom para você também! E continue buscando conhecer-se melhor e assim vai descobrir como lidar bem consigo e com a insegurança.

    Para o que precisar, estou aqui.
    Mil beijos e boa sorte, com tudo!
    O layout novo está lindíssimo!

    Estranho Paraíso

  • Mayara

    Em 01.12.2015

    Nossa Mai, imagino como deve ter sido um turbilhão de coisas na sua cabeça nesse período, mas não desanima, quando isso acontece é porque coisas melhores estão por vir *-*
    http://www.desencana.com

  • Tatiana

    Em 01.12.2015

    Maíra, o blog tá lindo. Fico feliz pela sua volta e estou aqui torcendo pra tudo se encaixar novamente e ficar tudo bem. Coisas novas são sempre meio assustadoras, mas a gente vai se acostumando e aprendendo a lidar com elas. Cuide bem de você – física e psicologicamente e boa sorte nesse novo caminho. Um beijo!

  • Bela

    Em 01.12.2015

    Meu maior problema co insegurança é justamente não conseguir pensar em mim. Eu fico lá me humilhando (óbvio que to falando da parte sentimental :p) e não penso ‘caraca, Bela, olha a bosta que você tá fazndo!’
    Sou muito insegura no quesito ‘fazer a vida dar certo’ :T
    Tenho sonho de viajar pra fora do Brasil, tenho tudo pronto mas quem disse que consigo? parece falta…

  • Grazy Bernardino

    Em 01.12.2015

    Sou insegura por não crer na minha capacidade. Sem contar na ansiedade de ser perfeita e conseguir sucesso! É claro que tudo isso vem com o tempo, mas a cabeça não pensa assim. Com o blog aprendi a ser mais focada, menos insegura e menos ansiosa. Acabou sendo uma boa terapia!

  • Caio

    Em 01.12.2015

    Ser um pouco egoísta é bom, mas só seja se um forma saudável. Ser duro com os seus sentimentos é algo meio complicado, que exige um certo treinamento, só cuidado não exagerar!

    O labo bom da insegurança é que isso nos livra do comodismo, pelo meno eu acho isso. A ansiedade e a intensidade é que são um perigo, lido com isso todos os dias, e tem dias que eu olho pro alto, e digo “Deus, ta foda. O que vc ta escrevendo ai na minha vida ein?”

    Uma coisa que me ajudou muito a amadurecer essas coisas foi começar a ficar no meio de pessoas bem mais velhas, mais vividas, batalhadoras. Eu não fico desabafando com elas, eu apenas aprendo com os desabafos delas.

    Maira, quem vc admira? E por que?
    Cole nessa pessoa.

  • Luly

    Em 01.12.2015

    Mudanças assustam. Sempre. Principalmente quando não são esperadas assim… Mas devo dizer que mesmo com sua insegurança você está extraindo o melhor disso, tenho certeza que assim será mais fácil!
    Dessas coisas que você citou o “Seja egoísta” está na minha lista de metas para o ano novo porque eu NUNCA penso em mim. E é impressionante como as pessoas reagem quando você toma essa atitude: algumas simplesmente dizem que você “perdeu o seu melhor”, mas outras – e essas valem MUITO a pena – apoiam porque sabem que você precisa.
    Espero que esse novo trabalho seja sensacional e seus dias lá se tornem cada vez melhor. Feiiz natal!

CommentLuv badge