8 quatro vezes!

28.08.2018 – 28 anos!
Tem mais 8 que em vários anos da minha vida! Eu sempre me simpatizei com o número 8, eu nunca entendi o motivo, e ai fui procurar o significado:

“No Japão, o número 8 é um número sagrado. O número 8 anuncia a prosperidade e a bem-aventurança de um novo mundo. O oito deitado, ou o símbolo do infinito, representa ainda a ligação entre o físico e o espiritual, o divino e o terreno.”

Não é atoa que esse número apareceu quadruplicado pra mim esse ano. Coisas novas acontecendo, fechamento de ciclos. Em 2016 eu escrevi um post sobre como eu me via por dentro sabe, como eu era. E relendo esse post, eu percebi o quanto a gente é mutável, o quanto nós evoluímos, crescemos. E o quanto temos que aprender com a vida. Nesses 28 anos de vida, já aconteceram muitas coisas, e muita delas me fizeram olhar a vida de outra forma.

Uma amiga querida me diz sempre: “só se vive uma vez”. E por mais que ela fale na brincadeira. É verdade. Nós só temos uma vida, e para que desperdiça-la com coisas que não nos faz feliz, com coisas que não nos integra. A gente tem que aproveitar cada momento, cada felicidade, cada tristeza, cada coisinha que acontece, porque são esses momentos que fazem sentido pra nossa vida.

Eu sempre escrevi, sempre. Em todos os momentos, estava eu com um caderno ou o próprio computador, e esses dias eu encontrei algumas anotações, de alguns anos atrás. Eu vi uma garota com medo, eu vi uma garota com sonhos, eu vi uma garota em busca de algo muito maior. No post sobre mim, eu falei muito sobre amor próprio, e comecei 2017 com essa mesma busca. E continuo na jornada. Mas sabe o que é legal? É ver o quanto eu evolui nessa jornada em 2 anos. É incrível!

Essa garota com medo, virou uma mulher mais determinada, guerreira, ainda com medo, porém com coragem pra enfrentá-los. Essa garota com sonhos, foi buscá-los! E essa garota que busca algo maior, conseguiu chegar em algo inexplicável. A gente muda, a gente evolui, pensamos diferente, agimos diferente, mas os nosso valores ficam. E o que eu percebi muito nesse tempo todo, é que a gente não pode esconder atrás das pessoas, ou atrás dos nossos medos e anseios, temos que colocar o rosto no sol mesmo e ir em busca do que a gente quer. Não deixe nunca, nem ninguém, te diminuir. Você é muito maior do que você imagina.

Aos meus 28 anos, eu desejo para mim. Muito mais sabedoria pra enfrentar os desafios, muito mais amadurecimento para conseguir entender e compreender o que acontece na vida. Muita evolução espiritual, para que eu equilibre tudo ao meu redor. Muita experiência, porque experiência são histórias, experiência nos transforma. Eu desejo que eu encontre e reencontre o amor, em todas formas que ele existir, seja na relação entre homem e mulher, entre amigos e amigas, entre família, e comigo mesma. Eu desejo pra mim, muita paciência, muita luz. Eu desejo pra mim, um ano novo cheio de coisas novas, e de ensinamentos maravilhosos.

E se esse post é um post de reflexão, não podia faltar: “o que eu aprendi nesse tempo todo?!”
Na real, na real mesmo. Eu ainda estou aprendendo. Talvez seja, eu entendi e compreendi, que:
– Tudo acontece porque tem que acontecer.
– A gente não pode controlar as coisas que não temos controles.
– Pessoas vão e volta na nossa vida e a gente precisa entender que isso é normal.
– Amizades são mais importantes do que qualquer outra coisa!
– Só se vive uma vez: e isso é para tudo na sua vida!
– Tenha experiências, de tudo, porque são essas experiências que vão ser a nossa bagagem.
– Seja sempre bom consigo mesma, a gente tem direito de errar e tentar de novo.
– Entenda, que a gente é único e que cada um tem seus problemas, cada um teve suas pedras. Não julgue.
– Cerveja é ruim mesmo ahahahhaha
– McDonalds fica maravilhoso depois das 5h da manhã!
– Que a gente tem que rir da gente mesmo!
– Minha família é minha base real! não tenho nem palavras.
– você já dançou funk?! então dance, libertador!
– Eu posso tudo, só ir em busca e fazer acontecer.

Esse post não é só para os meus 28 anos, é para a minha vida. Irei ver daqui alguns anos e entender o quanto eu mudei de novo, isso é incrível!! Obrigada a todos que passaram e que estão na minha vida, vocês fizeram um pedacinho da Maíra hoje. Aos amores não correspondidos, aos amores que não deram certo, à pessoas que me fizeram feliz por um dia, por uma noite, por meses, à amizades que permanecem mesmo com a distância, à família que me apoia e que sempre vibra por mim. à mulheres que passaram por mim, me encorajando a ser mais forte, à amigas, que me deram amor, que me deram carinho, que são incríveis!

Meu muito obrigada! E rumo aos 30 com muita bagagem! <3

Carta Desaceleração – Tarot Zen Osho “Há um momento em que você se prepara para deixar de lado quaisquer expectativas que tem cultivado a seu próprio respeito, ou a respeito de outras pessoas; prepara-se para assumir a responsabilidade por quaisquer ilusões que possa ter estado carregando. Nessa hora, não há necessidade de fazer nada, bastando repousar na plenitude de quem você é neste exato momento. Se os desejos, esperanças e sonhos estão se tornando vagos, tanto melhor. Seu desaparecimento está abrindo espaço para um novo clima de tranqüilidade e de aceitação das coisas como são. Você irá sentir-se capaz de dar as boas-vindas a esse crescimento pessoal, de uma maneira que nunca esteve antes ao seu alcance. Desfrute essa sensação de diminuição do ritmo, de se aproximar do repouso, e de reconhecer que você já está em casa.”

Alguém que gosta de colocar nas palavras o que sente, o que quer e o que vive. Palavras são só o caminho para um mundo com muita luz...

Você pode gostar de

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CommentLuv badge