Diario do intercâmbio #1

Vivia sonhando quando ia ter esse tipo de post aqui! Sonho realizado! Yay! Eu nem sei por onde começar, ok, pelo começo. Chegar aqui sem ninguem, sem realmente saber falar a lingua, foi muito dificil. Eu vim sozinha, sem ninguem junto pra dividir os sofrimentos, perrengues e eu te falo que por mais que tenha sido dificil (depois explico essa parte) foi a melhor decisão que tomei. Muitas pessoas compram casas de familia ou acomodacoes da escola, mas eu optei por ficar em hostel. E ai que ficou divertido.
Conversar com a recepção, com as pessoas do quarto, ter que virar nos trinta, com mimica, e Google translate e Google maps, foi bem desafiador. Mas te explico porque foi a melhor decisão, porque se eu dependesse de alguem, eu não faria metade do que fiz.

Por eu estar sozinha, eu busquei lugares pra comer, pra beber um bom cafe.
Por eu estar sozinha, fui em varios lugares turisticos, só andando.
Por eu estar sozinha, enfrentei o medo de perguntar, de falar.
Por eu estar sozinha, eu conheci coisas incriveis, só porque eu errei o caminho.
Estar sozinha, me possibilitou, tirar de mim, o máximo do Ingles que existia na minha cabeça.
Estar sozinha, me mostrou como sou capaz de ir em frente, de fazer as coisas, e de não me acomodar.

Com um mês de Dublin, conheço lugares que pessoas com um ano, não conhecem. E isso não é prepotencia, é só que não deixei que o medo entrasse. E dou o crédito disso pra minha familia, que me apoiava e falava comigo o tempo inteiro, e uma amiga que mesmo de longe, não deixou eu cair.

Antes de eu viajar, muitas pessoas falavam: “lá tem muito brasileiro, foge”, e eu concordo, existe muito brasileiro mesmo, aliás um espanhol estava comentando comigo, que brasileiros são a segunda comunidade aqui na Irlanda. Mas por ser exatamente uma comunidade, são eles que vão te ajudar, no primeiro trabalho, na primeira casa. E isso é muito importante, eu não falaria pra fugir, até porque isso é impossivel, mas você pode evitar ir em lugares que você sabe que terá brasileiros. E tentar fazer amigos de outras nacionalidades 😉 é importante! Mas fugir da sua própria nacionalidade é um pouco complicado.

Existe o medo, existe a insegurança, existe todas as dúvidas que pode passar na sua cabeça. Mas também existe o novo, a descoberta de que você é capaz, de que tudo tem seu tempo, sua história para acontecer. Por mais que as coisas aqui passem muito rápido, tudo tem seu tempo! e eu estou tentando aproveitá-lo da melhor forma como eu consigo 😄

 


Uma informação bem importante, essa série de posts sobre o intercâmbio, é vida real mesmo, sobre os meus dias, sobre as batalhas que enfrento, sobre as coisas boas que acontecem. Existe milhares de vlogs ou blogs, falando sobre a vida na irlanda, sobre lugares para conhecer. vou até deixar aqui pra vocês verem. Mas aqui é algo mais pessoal, é sobre o que ninguém fala, ou o que não tem graça de falar, mas que é importante.

Alguém que gosta de colocar nas palavras o que sente, o que quer e o que vive. Palavras são só o caminho para um mundo com muita luz...

Você pode gostar de

3 Comentários

  1. Meninaa, tu disse que meu blog é uma delícia de ler, mas olha só o seu!! Eu simplesmente AMO viajar e aprender idiomas, até fiz um post no blog sobre isso, mas o meu problema é sempre o medo; medo de dar errado, medo do incerto sabe? Mas em 2018 eu comecei a sair da minha zona de conforto, porque se eu só viver pelo medo eu não vou conseguir viver.

    Parabéns por essa experiência linda, não deixe o medo dominar e faça muuitos amigos. Espero ler mais posts seus e te ver mais vezes lá no Covil <3

    https://covildourado.blogspot.com
    Jennifer recently posted…Como acabar com a procrastinação | EstudosMy Profile

  2. Embora tenhamos te acompanhado de longe, a saudade apertando, doendo mesmo, fico imensamente feliz de saber que tudo está valendo a pena. Adoro seu jeito espontâneo de escrever o que sente. Siga em frente minha filha. A vida é feita de experiências. Te amo.

  3. Sabe pq eu gosto de ler teu blog? Sempre gostei? Pq parece que estou conversando com vc cara a cara. É tão pessoal, tão verdadeiro… Parabéns!

    E desejo muito sucesso nessa nova caminhada, nesse novo desafio e que vc alcance voos cada vez mais altos. Sucesso pra ti, menina!!

    Bjus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CommentLuv badge