6. Letter: Your ex-boyfriend

“Essa é minha última carta de amor, eu falei isso da última vez…”

E eu vou me certificar que seja a última de verdade. Há exatos 8 meses após término, já foram mais de 60 cartas escritas, em dias felizes, tristes, lembranças, momentos importantes ou simplesmente porque eu senti que precisava tirar um pouco do peito. Foram inúmeras noites mal dormidas, momentos que eu não tinha forças para parar a lágrima, e até mesmo aqueles dias que eu só queria ficar deitada, sem fazer absolutamente nada.

Eu escrevi muitas cartas para você, que estão guardadas e eu espero nunca mostrá-las para você, apesar de você falar que um dia falaremos sobre isso. Eu espero nunca falarmos sobre isso, porque o passado, passou…

Mas essa carta é um adeus, pra mim, pra você e pra nós. Você tinha razão, nosso namoro não estava bom, e como é difícil assumir isso, eu mais chorava do que sorria, nós brigávamos mais do que ficávamos juntos, tudo era motivo para chegarmos em um limite que nenhum dos dois queria passar. Você tinha razão, nosso namoro não estava bom. Mas apesar dessa situação, eu ainda tenho meu direito de sentir frustada, triste e confusa com tudo que foi esse final. Eu queria muito que fosse você, eu fiz de tudo para que fosse você.. E por mais que eu entenda, no fundo, eu realmente entendo a sua decisão, e a sua coragem para terminar algo que não estava bom, eu me sinto triste em saber que eu não fui o suficiente para você ficar…  Mas também não posso me culpar… relacionamento é um cuidado mútuo, e infelizmente ambos estavam precisando seguir a jornada sozinhos.

Hoje eu estou triste, mas é uma tristeza que eu sei que vai passar, porque passa, tudo passa. Eu realmente não sinto mágoa, nem raiva de você. Jamais! O que eu tive com você nesse tempo, foi mais do que suficiente pra te amar pela eternidade! Essa carta, apesar de ser a última, não quero falar do que foi, ou de como foi, apenas queria deixar como se fosse uma última conversa… sem esperança de resposta… apenas um adeus!

“Hey, espero que as coisas estejam boas por ai. Esses dias ouvi aquele barulho que ouvíamos aqui em casa a noite, que parecia alguém respirando fundo, lembra?! você acredita que eu descobri que era apenas correntes do posto sendo colocadas? ahaha quando eu entendi, eu ria sozinha, porque aquilo nos assustou tanto ahaha Lembra quando a gente se via para poder ver o pôr do sol, mesmo do carro? Aquele lugar nunca foi tão nosso. Era tantas coisinhas pequenas que me fazia sentir bem: a primeira noite que passamos juntos, a comida que eu preparei para você conhecer minha família, quando você comprava um chocolate que eu gostava, a forma que você me abraçava, o filme que assístiamos num domingo a noite, o café que você preparava pra mim. E para pedir comida? sempre uma dúvida cruel, mas que sempre acabava em pizza, que por mais que você dissesse que não tinha uma preferida, você tinha sim e era pizza! Os seus áudios com a música do harry styles tocando na rádio e você cantando de fundo.. fazia meu coração aquecer… A pracinha na frente da casa do meu pai, foram palcos pra muita conversa, discussão e reconcialição. O abraço da sua mãe quando ela me conheceu, o cuidado deles em me fazer sentir em casa. O seu jardim, que me fazia sentir num conto de fadas, com inúmeras orquideas, flores e aquele ventinho gostoso de final de tarde, como era gostoso ficar ali sentadinha admirando. A nala lambendo a minha perna até não conseguir mais… Lembra de como você me aninhava em você, quando eu ia no banheiro na madrugada, você abria os braços, como se fosse um lembrete de que eu era seu travesseiro. Seu sorriso enorme, quando me via. Sua risada gostosa, lembra de quando a gente ficava viciado em uma série e não parava de assistir?! Lembrar de você é fácil, o difícil é saber que esses momentos são lembranças, que não voltam… Tudo bem, porque eu sempre te falei, as pessoas passam na nossa vida por um motivo, elas saem por um motivo também.. Lembranças são boas, mas não podemos demorar muito nelas…

Hoje, eu só desejo que você consiga o que tanto busca. Desejo que você se encontre e que encontre algo que te faça seguir em frente e buscar o melhor para si. Eu sei que você tá fazendo o seu melhor, eu sempre acreditei em você. Eu desejo que seu coração continue leve, continue acreditando na vida e que tudo passa. Eu desejo que encontre a paz, que encontre o amor por você.. que encontre a sua felicidade. E que se um dia, a gente se reencontrar, com o coração mais leve e mais maduro, podemos rir, relembrar coisas boas de tudo o que aprendemos e crescemos.

Mas hoje eu preciso dizer adeus, porque se você decidiu ir embora… eu não vou esperar. Entenda, eu não quero ser sua indecisão, eu quero ser a sua certeza e se eu não sou a sua certeza hoje, me deixe ir!  Até os ventos nos colocar no mesmo lugar novamente, me deixe ir… Porque hoje, estou deixando você ir, e eu sei que no fundo, é a melhor decisão que podemos fazer, para nós dois.

Com muito amor, Ma”

Alguém que gosta de colocar nas palavras o que sente, o que quer e o que vive. Palavras são só o caminho para um mundo com muita luz...

Você pode gostar de

11 Comentários

  1. Olá Ma.
    Que carta linda. Terminei com os olhos cheios de lágrimas e com um misto de sentimentos aqui dentro.
    Se não estava bom foi melhor deixar ir. Namoro é pra ver se vai querer continuar e namoro e noivado são para terminar se não fluir. Porque casamento é laço maior, vínculo eterno para Deus.
    E em breve você estará completa e transbordando felicidade.
    Beijos.

    http://www.parafraseandocomvanessa.com.br/

    1. Oi van! Obrigada pelo comentário <3 SIm, eu super concordo com você... acho que Deus e o universo tem algo maior esperando por mim! é só continuar acreditando....

  2. Oi Ma…

    Eu queria encontrar palavras tão bonitas quanto as suas, mas fiquei tão emocionada com sua carta que me perdi nesse momento.

    Mas eu desejo sinceramente que o seu coração se torne inteiro e feliz novamente em breve. Todo fim é delicado e cada um tem o seu tempo para se recuperar.

    1. Oiii amore <3 achoo que tlavez a jornada agora é sobre mim, mas eu entendo que tudo tem um propósito, obrigadaaa pelo carinho <3

  3. “Você tinha razão, nosso namoro não estava bom, e como é difícil assumir isso, eu mais chorava do que sorria, nós brigávamos mais do que ficávamos juntos, tudo era motivo para chegarmos em um limite que nenhum dos dois queria passar”.

    esse post poderia muito bem ter sido escrito por mim, socorro. também passei por um término recentemente (ou já não mais tão recente) e me vi em muito que escreveu. é doido como a gente se recusa a enxergar certas coisas, né? mas aí a vida se encarrega de fazer as coisas seguirem em frente. amei o post e me vi em muito do que escrevi sobre isso também, mas não no formato de cartas, e sim mais como um diário pra esvaziar a cabeça haha
    K. recently posted…livros que vou ler (ou não) na maratona literária de invernoMy Profile

    1. Ain K., essa coisas de recente, é muito doido né? pra mim é recente, mas quando você pensa no lógico, 8 meses é bastante tempo ahahhahaa Mas vamos resolver essas coisas né?! e escrever e esvaziar a mente, é muito bom!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

CommentLuv badge