Parabéns…

Hoje é o seu aniversário e há 2 meses atrás, eu estava tendo crises de ansiedade por não saber o que fazer quando chegasse esse dia. Eu acredito muito em aniversários, novos ciclos e novo ano. Você não acreditava tanto, mas mesmo assim, eu me vi com crises se eu mandava um parabéns, e esse parabéns podia abrir uma pequena janela para uma conversa que eu não estou preparada para ter. Então hoje, eu decidi ficar quieta, sem mensagem de parabéns, mas só quieta e refletindo sobre.

Continue Reading

Ressignifiquei…

Sentada na minha cama nesse exato momento, 23h do dia 04/01/2022, apenas com a luz do abajur acesa e com James Arthur no spotfy. Após assistir a um filme, lembrando de você as 2h30 do filme, eu resolvi escrever. Sem sono, após um dia inteiro de uma viagem de volta pra casa, com chuva, tensa, e pensamentos lá longe. Após eu passar a tarde inteira, lavando roupa, arrumando a casa, e derrubar um prato de macarrão no chão, estou escrevendo sobre o quanto eu não paro de pensar em você.

Continue Reading

é você!

A gente ouve muito por ai, que as pessoas entram na nossa vida por algum motivo, as vezes sabemos do motivo, ou tentamos encontrar um motivo, que nem sempre é aparente. Eu sei que esse “ditado” é uma verdade, pelo menos na minha vida, todas as pessoas que passaram por mim, seja elas por anos, meses, dias ou horas, me ensinaram alguma coisinha.

Continue Reading

3. Letter: Your parents

Eu havia escrito essa carta há alguns meses atrás, mas diante de todos os acontecimentos, eu senti necessidade de reescrever. Não é fácil colocar em palavras tudo que vocês significam para mim. Tantas memórias me passam na cabeça como um filme de tudo que já aconteceu, o que passamos e todos os sentimentos que sentimos.Mas acho que essa carta além de agradecer, é enaltecer o que vocês fizeram de melhor, que foi simplesmente ser meus pais.

Continue Reading

2. letter: Your crush

Eu reescrevi esse texto algumas vezes e eu acho que não dá pra escrever para um crush apenas, a vida me deu vários crushs! Aquele sentimento gostoso que a gente sente invandindo o nosso peito, que a gente sorri por nada e até dá pulinhos de alegria por conta desse sentimento.

Continue Reading